Luanda  - O Kudurista Pai Banana,  de sua graça Carlos  Gonçalves do Amaral revelou recentemente a revista “Jovens da Banda” que a sua desgraça musical, começou quando  o rapper  MCK, usou a sua vez  na conhecida  música  “o país do pai Banana”. Desde então segundo, Carlos Amaral, foi ofuscado deixando de receber convites para espectaculos e de aparecer na televisão.  

Fonte: Club-k.net

“Ele adicionou a minha voz na música dele”

Carlos Amaral detalha que   “[Quando] entre 2011 para 2012 o rapper MCK trouxe aquela musica “O País do Pai Banana”, aquilo só ofuscou ainda mais a minha imagem. Ele adicionou a minha voz na música dele e as pessoas pensaram que eu colaborei. Ligaram-me à política, [então] deixaram de me convidar para fazer espectáculos.”

“Por dois anos deixei de fazer rádio e televisão. Fiquei totalmente fechado e não tive como divulgar a minha musica. Aí você que vive do Kuduro, morre.”, lamentou o kudurista.

De realçar que em ocasiões passada, o músico McK esclareceu, a imprensa, que a música “o país do pai banana”  faz referencia a um  país que não dispõe de bons exemplos em termos de figuras publicas dando como o  vencedor do Big Brother Angola, Pai Larama e o próprio kudurista  Carlos  Gonçalves do Amaral vulgo “Pai Banana”.

De acordo com as palavras do rapper, o “Pai Larama e o Pai Banana são muito parecidos. São gémeos. Se reparar com calma, não existem grandes referências das nossas figuras públicas associadas ao poder” 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: