Luanda - Os promotores da manifestação do dia 26 de Novembro comunicam que hoje por volta das 11 horas da manhã o senhor Comandante provincial de Luanda, Comissário José Sita, comunicou-nos verbalmente que o senhor Governador de Luanda, o general Higino Carneiro, havia indeferido a sobredita manifestação.

Fonte: Club-k.net


Não percebemos porque razão foi a polícia nacional a primeira entidade a comunicar-nos verbalmente o “indeferimento” à realização da manifestação, e só depois de o termos solicitado, e no período da tarde, pelas 16h30, nos foi entregue o documento escrito que transcreve a decisão do Governador da Província de Luanda.


Os promotores da manifestação informaram o senhor Comandante provincial da polícia nacional que estarão presentes no Largo da Independência no dia 26 de Novembro a partir das 15 horas para a eventualidade de aparecerem pessoas cuja informação sobre a proibição da manifestação não lhes tenha chegado ao conhecimento. Mais informam que comunicaram ao Digníssimo Procurador-Geral da República a ilegalidade da decisão do senhor governador que de maneira flagrante viola a Lei sobre o direito de Reunião e de Manifestação.


Os promotores da manifestação do dia 26 Novembro contam anunciar nos próximos dias um conjunto de medidas para fazer valer a liberdade de reunião e de manifestação.

 

Pelos promotores da manifestação,

Henrique Luaty da Silva Beirão



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: