Luanda - A cidade de Luanda recebeu mais um Show da Virada, na Quarta-feira, numa edição que contou com Paulo Flores como cabeça de cartaz.

Fonte: SAPO

O cantor angolano Paulo Flores, um dos nomes mais respeitados do Semba, foi o convidado especial deste espectáculo e o nome mais esperado por quem assistiu ao evento. Contudo, a actuação em palco não correu como pretendia o artista.

 

Ao que parece, minutos depois da banda de Paulo Flores ter entrado em palco para preparar o concerto, o palco ficou sem iluminação. Mesmo assim, o artista decidiu começar a actuação sem luz, pois a nível técnico os instrumentos musicais estavam a funcionar normalmente.

 

Com o seu jeito para o improviso, Paulo Flores conseguiu seduzir os presentes com os sucessos de álbuns anteriores. O público respondeu com aplausos, ao mesmo tempo que cantou os refrões que o mesmo entoava de algumas músicas.

 

Mas eis, de repente, os problemas técnicos voltaram a assombrar o espectáculo. Na altura em que começou o refrão "Vivo na Boca do Lobo", o palco do espetáculo perdeu o som por completo e o Estádio dos Coqueiros ficou totalmente às escuras.

 

Em entrevista ao SAPO Angola, o artista revelou que o facto de não terminar a sua actuação como pretendia não o chocou: "Estou feliz por, pelo menos, ter conseguido estar em palco e cumprir com o meu compromisso como cantor, porque percebi que o público ansiava em ver-me em palco", disse Paulo Flores

 

"Eu espalhei o meu sentimento em palco, cantei a minha música ‘Vivo na boca do Lobo’ e para mim foi maravilhoso. Espero que em 2017 a luz não se vá mais”, ironizou.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: