Luanda  - A sociedade civil Angolana, representada em seus diversos estratos, diante da situação grave em que o país se encontra, face à divulgação dos resultados eleitorais, constata e toma a seguinte posição:

Fonte: Sociedade Civil

Não houve o cumprimento da Lei na fase de contagem, escrutínio, apuramento e divulgação dos resultados pela CNE, pelo que, houve a violação dos articulados 124-136 da LOEG.

O facto a cima expresso foi confirmado por sete comissários nacionais da CNE.

Os partidos da oposição reafirmam, com dados probatórios, a discrepância entre os resultados divulgados ilegalmente pela CNE e as actas provenientes dos locais de votação depositadas nos seus centros de contagens paralelo — documentos fiáveis na expressão da vontade cidadã.

 

Em virtude de haver semelhança entre o percentual anunciado antecipadamente pelo regime, de uma falsa vitória do seu partido, e os anunciados posteriormente pela CNE, é mais uma evidência de que os resultados foram produzidos pela cúpula do MPLA.

 

Estes acontecimentos são consequências previsíveis de acções que inquinaram o processo desde a sua preparação, como sejam, o registo eleitoral conduzido por um árbitro e que ao mesmo tempo é jogador; solução tecnológica e logística sob responsabilidade das empresas INDRA e SINFIC, ambas famosas na fabricação de resultados eleitorais contra a vontade popular.

 

Neste momento crucial e grave da nossa história, propomos a nossa inclusão na recontagem dos votos e divulgação dos resultados, seguindo todos os procedimentos previstos pela lei.

 

Não havendo flexibilidade para a nossa integração na busca de uma solução de um problema criado pelo regime, recomendamos o seguinte:

 

a) Que a Igreja, em nome da verdade, da doutrina social e do sentido profético do antigo testamento, tome uma posição firme.

 

b) Que os partidos da oposição se unam para que em conjunto convoquem o povo, a única vítima desta farsa, para que possamos repor a verdade eleitoral com apoio do artigo 47 da CRA que nos confere o direito à manifestação até a concretização e o respeito da lei.

 

c) Que os cidadãos saibam que se não tomarmos uma posição alinhada e unida jamais sairemos da neoescravidão na qual fomos colocados pela tirania que quer manter os seus interesses cleptocráticos instalados.

 

Luanda, 30 de Agosto de 2017

Organizações e personalidades subscritoras

Associação Construindo Comunidades (ACC) ----------------------------------- ------------------

Associação para o Desenvolvimento da Cultura dos Direitos Humanos (ADCDH) ----------------------------------------------------------------------------------- -----------------------------

ANO ------------------------------------------------------------------------------------------ -----------------------------

Friends of Angola (FoA) ---------------------------------------------------------------- ------------------------

Movimento Kairós Southern Africa (MKSA) --------------------------------------- -----------------

Sedrick de Carvalho -------------------------------------------------------------------- --------------------------

Manuela Serrano ---------------------------------------------------------------------- ----------------------------

Pedrowsk Teca ---------------------------------------------------------------------------- --------------------------

Pe. Pio Wakussanga ------------------------------------------------------------------- -------------------------

Pe. Gaudêncio Félix Yakuleinge ----------------------------------------------------- -----------------------

José Gama---------------------------------------------------------------------------------- ----------------------------

Luiz Araújo --------------------------------------------------------------------------------- ----------------------------

Manuela Serrano-------------------------------------------------------------------------- --------------------------

Lubanzadio Bula -------------------------------------------------------------------------- --------------------------

Gika Tetembwa --------------------------------------------------------------------------- ---------------------------

Magno Domingos ------------------------------------------------------------------------- -------------------------

Arlete Ganga ------------------------------------------------------------------------------- ---------------------------

Arão Bula Tempo ------------------------------------------------------------------------- --------------------------

Benedito Jeremias ----------------------------------------------------------------------- --------------------------

Leandro Freire ----------------------------------------------------------------------------- --------------------------

Domingos da Cruz ----------------------------------------------------------------------- --------------------------

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: