Lisboa - Norberto Garcia, um dos réus angolanos no mediático caso da Mega Burla à Tailandesa, em que o Estado angolano seria burlado em 50 mil milhões de dólares, está em vias de ser absolvido por alegada insuficiência de provas contra si.

Fonte: Club-k.net

Ministério Público pede absolvição por insuficiência   de provas 

A noticia foi avançada esta segunda-feira, 8, pela Rádio Nacional de Angola citando manifestação do Ministério Público que solicitou a absolvição de Norberto Garcia por considerar que ao longo do julgamento, ocorrido nas salas do Tribunal Supremo, não se factos de actividade criminal que incriminem o ex- director da UTIP.

 

O Ministério Público pediu igualmente a absolvição do  réu Million Isaac Haile, de nacionalidade eritreia


A reportagem de autoria do jornalista Liberato Fortunato), dá conta do pedido de condenação do general José Arsénio Manuel pelo crime de trafico de influencia.

 


O Ministério Público  pediu também a condenação dos tailandeses e da ré  angolana Celeste de Brito.  Celestes de Brito poderá, entretanto, ser absolvida apenas no crime de auxilio a imigração  ilegal. 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: