Luanda - O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, no uso das prerrogativas constitucionais e apoiado na Lei de Bases do Sector Empresarial Público, determina o seguinte, por conveniência de serviço público:

Fonte: Presidencia

São exoneradas todas as entidades que integram o Conselho de Administração da SONANGOL-EP, para o qual haviam sido nomeados através dos decretos presidenciais de 15 de Novembro de 2017 e 12 de Janeiro de 2018.


Tratam-se nomeadamente de:


Carlos Saturnino Guerra Sousa e Oliveira, exonerado do cargo de Presidente do Conselho de Administração;
Sebastião Pai Querido Gaspar Martins;
Luís Ferreira do Nascimento José Maria;
Carlos Eduardo Ferraz de Carvalho Pinto;
Rosário Fernando Isaac;
Baltazar Agostinho Gonçalves Miguel;
Alice Marisa Leão Sopas Pinto da Cruz; Exonerados dos cargos de Administradores Executivos;
José Gime;
André Lelo
Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento e Marcolino José Carlos Moco; exonerados dos cargos de Administradores Não Executivos.

Noutro decreto, o Presidente da República nomeou para integrarem o Conselho de Administração da SONANGOL-EP, as seguintes entidades:


Sebastião Pai Querido Gaspar Martins – Presidente do Conselho de Administração;

Administradores Executivos:
António de Sousa Fernandes;
Baltazar Agostinho Gonçalves Miguel;
Jorge Barros Vinhas;
Josina Marília Ngongo Mendes Baião;
Luís Ferreira do Nascimento José Maria;
Osvaldo Salvador de Lemos Macaia;

Administradores Não Executivos:
André Lelo;
José Gime;
Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento
e Marcolino José Carlos Moco.


CASA CIVIL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA em Luanda, 8 de Maio de 2019.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: