Luanda - O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, nos termos da Constituição da República de Angola e por conveniência de serviço, tomou a decisão de exonerar dos seus cargos as seguintes entidades:

Fonte: Presidencia

Brito António Sozinho, do cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado na República de Moçambique;

 


Benigno de Oliveira Vieira Lopes, do cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado no Reino de Marrocos;

 


Josefa Guilhermina Coelho da Cruz, do cargo de Embaixadora Extraordinária e Plenipotenciária da República de Angola acreditada na República de Cabo Verde;

 


Fidelino Loy de Jesus Figueiredo, do cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado na República de Singapura;

 


José João Manuel, do cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado na República Democrática do Congo;

 


Igualmente nos termos da Constituição da República de Angola e também por conveniência de serviço, o Presidente da República nomeou:

 

- José João Manuel, para o cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado na República de Moçambique;

 


Baltazar Diogo Cristóvão, para o cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado no Reino de Marrocos;

 

 


3 - Júlia de Assunção Cipriano Machado, para o cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado na República de Cabo Verde;

 

4 - Miguel da Costa, para o cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola acreditado na República Democrática do Congo.

 

CASA CIVIL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA em Luanda, 26 de Julho de 2019

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: