Luanda - Sinto-me órfão! Não contava com a traição daqueles que afinal fingiam seguir os ensinamentos do Presidente Fundador do Partido - o Dr. Savimbi, o meu mestre e hoje, por interesses inconfessáveis apostam em destruir uma grandiosa obra e um projecto em que acreditaram milhares de jovens ontem e mártires hoje sacrificados sem glória. Oportunistas e mercenários políticos substituiriam-se aos conjurados de Muangai e tomaram de assalto um edifício que custou vidas dos melhores a erguer e consolidar.

Fonte: Club-k.net

Espanta-me e me desencanta o silencio cúmplice daqueles que tem o dever estatutário de defender a integridade do Partido dentro e fora. Afinal é assim que se afirmam os políticos medíocres que se transformaram em mesquinhos comerciantes a quem vale tudo no mercado até produtos vomitados por outros consumidores. Estamos perante um grave desvio do pensamento do Presidente Savimbi.


Se a UNITA que o Dr. SAVIMBI não tivesse sido desvirtuada, não assistiríamos à isso que hoje se assiste que para todos os efeitos configura uma autêntica traição. O desvio do projecto de Muangai é uma traição e não tem outro nome. Os mercenários políticos tomaram de assalto um projecto que não lhes pertence ante a cumplicidade dos que deviam evitar.


O Dr. Savimbi ensinou-me que prestasse atenção aqueles que se escudam nos princípios do Partido sem os respeitar, ou que fingem ser dirigentes íntegros, pois são os asquerosos traidores do interesse geral, pois estão interessados no interesse privado individual ou de pequenos grupos. O pior é que, tal como o inimigo de classe, não olha a meios para atingir os seus fins. UNITA ontem e UNITA hoje. Somos ou não continuadores da obra de Muangai? Como admitir agentes periféricos à UNITA dar lições sobre a história da UNITA? Falta pouco abrirmos oficialmente portas ao MPLA para nos ensinar quem foi Samuimbila ou Kafundanga, ou quem foi o Dr. SAVIMBI.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: