Luanda - O governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, afirmou nesta sexta-feira, em Luanda, que já se assiste em Angola uma relação de correspondência, directamente, de dólares com os Estados Unidos da América.

Fonte: Angop

“Com grande satisfação, vimos que alguns bancos comerciais já têm correspondentes no mercado dos Estados Unidos da América” afirmou Lima Massano em conferência de imprensa, após a reunião do Comité de Política Monetária (CPM).

 

Encontros entre responsáveis do BNA e da Reserva Federal (FED) já foram realizados, por forma a estreitar as relações e recuperar a moeda norte-americana nas operações bancárias.

 

A relação entre Reserva Federal e os bancos correspondentes foram interrompidas em 2016, situação que agravou a crise cambial que o país vive desde 2014.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: