Mbanza Kongo - Dois cidadãos acusados de violação sexual de uma jovem de 19 anos de idade, na aldeia de Nkunga a Paza, arredores da cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, foram detidos na noite de domingo.

Fonte: Angop

De acordo com o porta-voz do Comando provincial do Zaire da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Bernardo, a vítima, em companhia do marido, foi interpelada por dois cidadãos que se faziam passar por agentes da Polícia de Intervenção Rápida (PIR), que se aproveitaram desta condição para consumar o acto.

 

“Os supostos polícias exigiram dinheiro ao casal para ser libertado. Dada a insistência dos marginais, o marido foi à casa a busca o dinheiro. Na sua ausência, os meliantes arrastaram a moça para uma casa abandonada onde a violaram”, explicou o porta-voz.

 

Em função da queixa apresentada, na unidade da Polícia de Intervenção Rápida (PIR) localizada nas imediações da ocorrência, a corporação desencadeou uma micro-operação na referida aldeia que culminou com a detenção dos presumíveis autores, maiores de 30 anos de idade, que nos próximos dias serão presentes ao Ministério Público.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: