Washington - Os Estados Unidos consideram que o presidente João Lourenço alcançou sucessos “notáveis” desde que assumiu a presidência de Angola, disse uma destacada entidade do governo americano.

Fonte: VOA

Falando a jornalistas sobre a próxima deslocação do secretário de estado Mike Pompeo a diversos países africanos, incluindo Angola, uma destacada entidade desse departamento disse que um dos objectivos da visita de Pompeo a Luanda é “congratular o presidente Lourenço pelas suas reformas políticas e económicas, os seus esforços extremamente fortes anti-corrupção e a sua forte liderança regional”.

 

Neste último aspecto essa entidade fez notar que quando o presidente Tshisekedi foi eleito na vizinha República Democrática do Congo “a sua primeira viagem foi visitar o presidente Lourenço em Angola”.

 

“ O presidente Lourenço alcançou alguns notáveis, verdadeiramente notáveis no seu tempo (na presidência)”, disse essa destacada entidade do Departamento de Estado que como é tradição em “briefings” sobre visitas do Secretário de Estado fala sob condição de anonimato.

 

Por outro lado essa mesma fonte disse que os Estados Unidos querem “expandir” as suas ligações económicas com Angola.

 

“Angola oferece muitas promessas em várias áreas e o nosso objectvo é aumentar dramaticamente o comércio e investimento dos Estados Unidos”, acrescentou essa fonte.

 

O secretário de Estado Mike Pompeo deverá estar em Luanda durante algumas horas na próxima Segunda-feira e numa nota anterior o Departamento de Estado tinha afirmado que Pompeo vai avistar-se como Presidente João Lourenço e com o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, “para reafirmar o apoio dos Estados Unidos aos esforços anti-corrupção e democratização”.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: