Luanda - Foi com bastante pesar que o Secretariado do Bureau Político do MPLA tomou conhecimento do falecimento do Camarada Edmundo Rocha, nacionalista e médico angolano, ocorrido em Lisboa, Portugal, no dia 22 de Março de 2020, vítima de doença, aos 85 anos de idade.

Fonte: MPLA

Detentor de uma elevada consciência nacionalista, espírito de missão e de militância inquebrantável, Edmundo Rocha foi um distinto patriota, que se incorporou de forma plena e coerente nos ideais pela causa da libertação de Angola do jugo colonial português, tendo dado muito de si para a defesa das conquistas revolucionárias de que o Povo Angolano hoje se orgulha.

 

Das suas actividades no âmbito da luta anticolonial, destacam-se a sua participação, em 1964, no Corpo de Voluntários de Angolanos de Ajuda aos Refugiados (CVAAR), uma organização de médicos do MPLA, em Leopoldville, liderada na altura pelo camarada Américo Boavida.

 

Apesar de formado em medicina, Edmundo Rocha foi um amante confesso do mundo das letras e para sempre será recordado como defensor de uma narrativa literária moderna sobre o tema da luta de libertação em Angola, evidenciada na sua obra intitulada “O nascimento do moderno nacionalismo angolano”, bem como pelo desempenho da função de presidente da Casa de Angola em Lisboa, entre 1988 e 2002, associado e activista da casa dos estudantes do império, e membro de direcção da revista cultural Afro-Letras.

 

O Secretariado do Bureau Político do MPLA considera a morte do Camarada Edmundo Rocha um rude golpe às várias iniciativas de reconstituição da história de Angola e a sua transmissão às gerações vindouras, na perspectiva da construção de uma memória colectiva que se aproxime ao máximo a realidade dos factos ocorridos nas diversas etapas da vida dos angolanos.

 

Pelo infausto acontecimento, o Secretariado do Bureau Político do MPLA curva-se perante a memória deste nacionalista e, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do Partido, endereça à família enlutada as suas mais sentidas condolências.

 

MPLA – MELHORAR O QUE ESTÁ BEM, CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA
A VITÓRIA É CERTA.

Luanda, 24 de Março de 2020.

O SECRETARIADO DO BUREAU POLÍTICO



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: