Luanda - O Bureau Político do Comité Central do MPLA manifestou a sua consternação pelo falecimento de Cordeiro Ernesto Nzakundomba, antigo governador provincial do Uíge, ocorrido quinta-feira (23), por doença, em Luanda.

Fonte: Angop

Em nota de condolências, o MPLA considera que a morte de Ernesto Nzakundomba representa a perda de um dos mais notáveis e abnegados quadros do partido, onde ingressou em 1967.

 

Por Angola e em nome do MPLA, prossegue a nota a que a Angop teve acesso, sempre cumpriu com assinalável espírito patriótico e elevado sentido de militância as distintas missões que lhe foram atribuídas.

 

Entre as missões, a nota destaca as funções de membro do Comité Central e de primeiro secretário provincial do MPLA no Uíge, sublinhando que a nível sindical distinguiu-se como coordenar da comissão de reestruturação da União Nacional dos Trabalhadores de Angola (UNTA), tarefa igualmente exercida com "memorável abnegação".

 

Ernesto Nzakundomba completaria 80 anos de idade este ano.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: