Luanda - O diretor do jornal angolano Folha 8 negou enfaticamente que o órgão que dirige tenha publicado um texto associando o primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, a figuras ligadas à escravatura.

Fonte: VOA

Em nota de repúdio ao que considerou ser uma publicação do Folha 8, o Bureau Político do MPLA considera "leviana e irresponsável" a inclusão de António Agostinho Neto entre essas figuras, cujas estátuas estão a ser removidas de espaços públicos, por manifestantes emalguns países.

 

Para o partido no poder, trata-se de uma "atitude despropositada e infame", que "atenta contra a história e memória coletiva do Povo Angolano e revela falta de Patriotismo" do jornal Folha 8.

 

Em resposta, William Tonet diz nunca ter publicado qualquer artigo nesse sentido e acusou o partido de querer a sua “eliminação de caráter e fisica”.

 

Tonet explica que o Folha 8 nunca publicou as referidas notícias, mas o que apareceu no página do jornal no Facebook foi escrito por um internauta e não por ninguém da publicação,

 

Esta situação foi analisada no encontro entre a 7ª Comissão da Assembleia Nacional e a Comissão de Carteira e Ética, realizada na quarta-feira, 24, tendo no final do encontro presidente da Comissão de Carteira e Ética garantido estar a acompanhar o assunto.

 

“Eu não gostava de tecer muitas considerações em relação a este tema até porque o assunto está a ser analisado, uma vez que foi publicado algo que o MPLA não gostou e é necessario perceber se pesa sobre o órgão ou sobre o autor".



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: