Luanda - Um soldado angolano foi morto no domingo, 5, na República Democrática do Congo (RDC), revelou o ministro do Interior da província de Kasai, Deller Kawino.

Fonte: VOA

“Um soldado angolano disparou e feriu um agente congolês da Agência Nacional de Inteligência (ANR), os nossos homens devolveram o fogo e atingiram um soldado angolano que infelizmente morreu ”, disse Kawino à AFP.

 

O ministro acrescentou que antes do incidente, um grupo de soldados angolanos havia entrado no território congolês numa área de três quilómteros e um deles começou a filmar com o celular até receber ordens dos soldados da RDC para parar.

 

O governador daquela província, Dieudonné Pieme, revelou que as autoridades angolanas pediram o corpo do soldado "que foi morto acidentalmente”.

 

“Concordamos em princípio, mas pedimos que fizessem um relatório a reconhecer que o seu soldado foi morto no território da RDC”, afirmou Pieme.

 

A RDC e Angola compartilham uma fronteira de mais de 2.500 quilómetros, além da fronteira com a província angolana de Cabinda entre a RDC e o Congo Brazzaville.

 

Na semana passada, ativistas e o deputado da UNITA Raul Tati denunciaram a incursão de soldados angolanos em território congolês na perseguição a guerrilheiros da FLEC-FAC, que lutam pela independência de Cabinda.

 

A propria organização independentista tem denunciado esta situação.

 

O Governo angolano ainda não reagiu.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: