O voo inaugural escalou a capital angolana às quatro horas, transportando 162 passageiros.

No Arbus A340-300, com 221 lugares,  viajaram também o ministro adjunto do Primeiro-Ministro, Aguinaldo Jaime, o Embaixador de Angola na Alemanha, Alberto Bento e o vice-presidente da companhia, Joachim Steinbach.

A Lufthansa fará somente uma frequência semanal entre Frankfurt e Luanda. DE acordo com o vice-presidente, com este voo directo, os clientes passam a ter vantagens recíprocas, uma vez que as duas cidades são importantes pontos de ligação para vários destinos.

A companhia aérea alemã opera, entre outros destinos, em África,  para a África do Sul, Angola, Nigéria, Guiné-Equatorial , Etiópia e outros países do norte de África.

Angola abre excelentes oportunidades de negócios e essa ligação aérea vai estimular e reforçar o comércio entre os dois países, reforçando o clima económico angolano, acrescentou o vice-presidente da empresa alemã.

O avião da Lufthansa para Angola começou a operar concretamente a partir do dia um de Abril, realizando-se hoje apenas o voo inaugural que faz a abertura oficial dos serviços da companhia no país.

Fonte: Apostolado



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: