NOTA  DE  ESCLARECIMENTO

Luanda - "A Direcção do Atlético Petróleos de Luanda vem por este meio desmentir as alegações feitas pelo site Club-K  (ver este link: Joaquim David próximo Presidente do Petro ) em que acusam o Presidente de Direcção do Clube de "alegadas práticas de deslealdades financeiras".

 

Fonte: Petro de Luanda

 

Gostaríamos de informar a opinião pública que o Auditor do Clube é a KPMG, uma empresa internacional da qual o Dr. Tomás Faria não é sócio. Adicionalmente, informamos que o Presidente da Direcção é membro da Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola, sendo que, pela ética da Profissão ele nunca poderia ser Auditor do Clube, pois seria assim violado um princípio básico que é a independência.

 

Quanto aos problemas financeiros, a direcção actual recebeu do sócio fundador Sonangol orientações estratégicas uma das quais tem a ver com saneamento financeiro e tal como referimos na última conferência de imprensa de 3 de Julho de 2015, o clube pode considerar-se neste momento estável pois tem as suas contas em dia, o que não acontecia desde 2011, esta Direcção fê-lo em menos de um ano.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: