Lisboa - Artistas próximos a Bonga observam que o “Embaixador da musica” angolana continua censurado em Angola em termos musicais. O Musico chegou a lamentou com o ultimo sucedido.

Estava previsto que Bonga  participasse no ultimo trabalho do musico Yuri da Cunha “Kuma kwa Kié”, ao que não sucedeu-se. Tanto Bonga viu-se afastando por motivos ate agora não esclarecidos conforme é adiantado por uma fonte.

“Mesmo apesar de ter sido recebido em ausência pelo mais alto mandatário de Angola, José Eduardo dos Santos, o “Bonga Kwenda”, continua censurado em termos musicais, declarou a fonte ao Club-k.net detalhando que “Tal como muitos apreciadores e conhecedores da sua música já se vêm interrogando sobre o porquê da ausência de Bonga no último trabalho de Yúri da Cunha, a razão, é a censura a que sofreu o disco antes de ser editado.”

De Yúri da Cunha tem como mentor artístico no seu estilo musical e dança, Bonga Kwenda, e este por sua vez não esconde  admiração pelo jovem talento. Em privado diz que Yúri daria num bom sucessor: “O jovem tem talento e nós estamos aqui para ajudá-lo, foi o que sempre fiz”.

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: