Luanda - O deputado da coligação CASA-CE, Alexandre Sebastião André, considerou  nesta quinta-feira (15), em Luanda que “num Estado normal o Juiz  Presidente do Tribunal Supremo já teria pedido”. O parlamentar tomou esta posição no final da 2ª Sessão legislativa da IV legislatura da Assembleia (2018/2019), em que os demais deputados foram unanimes nos seus ponto de vista sobre a questão da credibilidade da justiça que pode afectar o investimento estrangeiro.

Fonte: Club-k.net

Alexandre Sebastião André entende  que o país, está com “um problema muito serio, mormente as reformas que se verificam” e que no seu ponto de vista “são feitas pelos mesmos autores (do passado) particularmente na justiça”


Para o deputado  para além de haver problemas a nível da procuradoria, há também  problemas no Tribunal Supremo.


No seu ponto de vista, tal como acontece noutros campos, nenhum juiz deveria permitir de modo algum, que seja a opinião pública a fazer pressão para que os tribunais tenham  outra postura.


Sebastião André diz ter notado que “a questão do procurador já esta em causa”, e que quanto a questão do Juiz do Tribunal Supremo [Rui Ferreira], “num Estado já normalizado este teria pedido demissão”.


A posição do politico está relacionada com as  denuncias de escândalos de corrupção e de manipulação de processos judicias envolvendo juízes no caso concreto o Presidente do Tribunal Supremo.

 

Tema relacionado

Combate ao Terrorismo: EUA pedem esclarecimento sobre desfecho da Arosfran

Alegadas transações ao terrorismo embaraçam banco BIC

50 milhões de euros na conta do Filho de Rui Ferreira provoca escândalo

Negócio de USD 300 milhões embaraça Juiz do Supremo: “Agi como facilitador”

Proprietários do Grupo Arosfram denunciam juiz Rui Ferreira

Ferreira pede a juízes apoio para sua continuidade no cargo

SIC notifica “Kito” por expor negócios de Juiz do Tribunal Supremo

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: